Parashá Mikêtz – No Fim

Beit HaDerekh

Parashá Mikêtz – No Fim
Gn 41:1- 44:171 
:15 1 Co 2: 1-5

Shabat Shalom a todos e é um prazer muito grande podermos estarmos aqui juntos para estudar a Parasha desta semana, a porção desta semana, que foram determinadas lá nos dias de Esdras e Neemias, os filhos de Israel dividiram a Torah em 54 partes, e a cada sexta estudamos uma parte e ao longo de um ano estudamos toda a Torah.

No ultimo estudo vimos o inicio da historia de Josef, e terminamos no final do capitulo 40 quando o padeiro é enforcado e o copeiro volta ao seu antigo cargo, mas não se lembra do pedido que Josef havia feito a ele e não falou com Faraó que ele era inocente. Mas Josef nunca perdeu a esperança.

Nós começamos pelo próprio nome da lição MIKÊTZ, que significa O FIM.

É uma porção que fala sobre o fim, é uma porção profética, é uma porção que esconde segredos, e há muitos segredos na Torah e que D’us está esperando para revelar aos seus filhos.

A Torah é um livro profético que nos revela os princípios e a natureza do Eterno, apontando o caminho para o Messias e sua redenção (IITm 3:15).

Porque devemos estudar a Torah, porque devemos estudar a Biblia?

Porque eles guiam o povo de D’us a salvação através de Yeshua. A Torah, e toda a bíblia não salva ninguém, mas nos guia à redenção. A Lei não redime, mas nos guia à redenção através de YESHUA.

O povo de D’us tem que voltar a estudar a Lei de D’us, isto é mandamento. Tem que ter prazer na lei de D’us e nela meditar de dia e de noite para sermos como arvore frondosa que há seu tempo dá o seu fruto.

Nós já estudamos na Parasha passada que no judaísmo tradicional, a lei oral reconhece a vinda do servo sofredor como Mashiach Ben Yossef, que foi assassinado, mas ressuscitou,

e virá em outra ocasião como o Mashiar Ben David, não mais como um servo sofredor, mas como um REI, para implantar o seu Reinado Messiânico aqui na Terra.

José é uma imagem de Yeshua, a história de José traça um paralelo com a história de Israel. Quando o Talmud diz Mashiach Ben Yossef, filho de significa a imagem de.

Assim como Josef Ele foi separado de seus irmãos, assim como Josef, Ele seria levado cativo para uma terra estranha, assim como Josef Ele foi descaracterizado de suas raízes, assim como Josef Ele irá se reconciliar com seu povo.

Tudo é profético, tudo aponta para a redenção.

Gênesis 41:1-7
Passados dois anosinteiros, Faraó sonhou que estava em pé junto ao rio Nilo;
e eis que subiam do rio sete vacas, formosas àvista e gordas de carne, e pastavam no carriçal.
Após elas subiam do rio outras sete vacas, feiasà vista e magras de carne; e paravam junto às outras vacas à beira do Nilo.
E as vacas feias à vista e magras de carnedevoravam as sete formosas à vista e gordas. Então Faraó acordou.
Depois dormiu e tornou a sonhar; e eis quebrotavam dum mesmo pé sete espigas cheias e boas.
Após elas brotavam sete espigas miúdas equeimadas do vento oriental;
e as espigas miúdas devoravam as sete espigasgrandes e cheias. Então Faraó acordou, e eis que era um sonho.

Com estes dois sonhos bizarros, Faraó, acordou perturbado e mandou chamar todos os magos, os sábios, e contou o sonho a eles, mas ninguém conseguiu interpreta-lo. O Talmud fala que Faraó sonhava todos os dias este sonho.

Gênesis41:9-16
Então disse o copeiro-mor a Faraó: Das minhas faltas melembro hoje:
Faraó estava muito indignado contra os seusservos, e entregou-me à prisão na casa do capitão da guarda, a mim e ao padeirochefe.
Então tivemos um sonho na mesma noite, eu e ele,e cada sonho com sua própria interpretação.
Estava ali conosco um moço hebreu, servo docapitão da guarda, e contamos-lhe os sonhos, e ele interpretou os nossossonhos, a cada um interpretou conforme o seu sonho.
E conforme a sua interpretação, assim mesmoaconteceu: eu fui restituído ao meu cargo, e ele foi enforcado.
Então Faraó mandou chamar a José, e o fizeramsair apressadamente da masmorra. Ele se barbeou, mudou de roupa eapresentou-se a Faraó.Disse Faraó a José: Eu tive um sonho e nãohá quem o interprete. Mas de ti ouvi dizer que, ouvindo contar um sonho, podesinterpretá-lo.
RespondeuJosé a Faraó: Isso não está em mim, mas Deus é que dará uma resposta de paz aFaraó.

Gênesis 41:25-46
Então disse José aFaraó: O sonho de Faraó é um só. O que Deus há de fazer notificou-o aFaraó.
As sete vacas boas são seteanos, e as sete espigas boas também são sete anos; o sonho é um só.
As sete vacas magras e feias que subiam apósas primeiras, são sete anos, como as sete espigas miúdas e queimadas do ventooriental: são sete anos de fome.
Esta é a palavra que eu disse a Faraó: o queDeus há de fazer mostra-o a Faraó.
Vêm sete anos de grande fartura em toda terrado Egito.
Depois deles levantar-se-ão sete anos defome, e toda aquela fartura será esquecida na terra do Egito, e a fomeconsumirá a terra.
Não será conhecida aabundância na terra, por causa daquela fome que seguirá; porquanto serágravíssima.

Ora, se o sonho foi duplicado a Faraó, é porque esta coisa é determinada por Deus, e ele brevemente a fará.
Portanto, proveja-se agora Faraó de um homem entendido e sábio, e o ponha sobre a terra do Egito.
Faça isto Faraó: nomeie administradores sobre a terra, que tomem a quinta parte dos produtos da terra do Egito nos sete anos de fartura; (O quinto não foi inventado pelos portugueses) e ajuntem eles todo o mantimento destes bons anos que vêm, e amontoem trigo debaixo da mão de Faraó, para mantimento nas cidades e o guardem;
assim será o mantimento para provimento da terra, para os sete anos de fome, que haverá na terra do Egito; para que a terra não pereça de fome.
Esse parecer foi bom aos olhos de Faraó, e aos olhos de todos os seus servos.
Perguntou, pois, Faraó a seus servos: Poderíamos achar um homem como este, em quem haja o espírito de Deus?

לח  וַיֹּאמֶר פַּרְעֹה, אֶל-עֲבָדָיו:  הֲנִמְצָא כָזֶה–אִישׁ, אֲשֶׁר רוּחַ אֱלֹהִים בּוֹ. 38 And Pharaoh said unto his servants: ‘Can we find such a one as this, a man in whom the spirit of God is?’

Depois disse Faraó a José: Porquanto Deus te fez saber tudo isto, ninguém há tão entendido e sábio como tu.
Tu estarás sobre a minha casa, e por tua voz se governará todo o meu povo; somente no trono eu serei maior que tu.
Disse mais Faraó a José: Vê, eu te hei posto sobre toda a terra do Egito.
E Faraó tirou da mão o seu anel-sinete e pô-lo na mão de José, vestiu-o de traje de linho fino, e lhe pôs ao pescoço um colar de ouro.
Ademais, fê-lo subir ao seu segundo carro, e clamavam diante dele: Ajoelhai-vos. Assim Faraó o constituiu sobre toda a terra do Egito.
Ainda disse Faraó a José: Eu sou Faraó; sem ti, pois, ninguém levantará a mão ou o pé em toda a terra do Egito.
Faraó chamou a José Zafnate-Paneã, (Interprete dos Mistérios) e deu-lhe por mulher Asenate, filha de Potífera, sacerdote de Om. Depois saiu José por toda a terra do Egito.
Ora, José era da idade de trinta anos, quando se apresentou a Faraó, rei do Egito. E saiu José da presença de Faraó e passou por toda a terra do Egito.

Quando José vai se apresentar a Faraó qual é a 1º coisa que eles fazem com ele?

Fazem a barba. Aqui começa a sua descaracterização. Ele não podia se apresentar como um hebreu! Ele não podia se apresentar como Josef? O Eterno não permitiu!

D’us queria que ele se apresentasse com seu novo nome Zafnate-Paneã,(Interprete de Mistérios) ganhou colar,traje de linho,anel de sinete.É José mas atuando como Zafnate Paneã. Teve que ser assim.

Gênesis41:55
E tendo toda a terra do Egito fome, clamou o povo a Faraó porpão; e Faraó disse a todos os egípcios: Ide a José; o que ele vos disser,fazei.

Isto aqui é fantástico! Pão é um símbolo de maná, provisão física e espiritual. O povo teve fome, e o povo clamou a seu D’us? Faraó era um dos.

E o povo vai ao seu deus e clama por pão. E o que Faraó disse? Eu não posso fazer nada, o D’us dele é mais poderoso do que eu vão a ele.

Aqui começa a obra, o D’us de Israel sendo exaltado no Egito. E este Faraó reconhece isto como já vimos um pouco antes.

Vamos cavar mais fundo, ok?

Todo o Egito tinha fome, o Egito representa o sistemacontrário aos princípios do Eterno. Na tradição judaica, EDOM (Alusão a Esaú) representa todos ospovos e ideologias que visam destruir Israel de sua eleição. Faz alusão tambéma Roma e a todo antissemitismo atual.

Este sistema criado no sec.IV por homens que não temiam a D’us chamamos Edom. Yeshua não veio instituir uma religião,veio apregoar o Reino de D’us.No sec.IV o Imperador criou uma religião chamada Cristianismo e impôs esta religião a população.

O Judaísmo chama esta imposição, este sistema criado em Roma de EDOM. Pois a premissa básica da criação desta religião era a Igreja era o VEROS ISRAEL.O VERDADEIRO Israel.

Isto faz com que Pedro,João,Tiago,Paulo fossem falsos judeus e por isso perseguidos. Para eles o Israel de deus passa a ser a Igreja, segundo esta religião os judeus deixam de ser o povo de D’us e os cristãos os substituem.

A Igreja substitui tudo àquilo que D’us tinha para Israel, e dá para a Igreja. Segundo ele Israel não faria mais parte dos planos de D’us, ISSO É EDOM.

Isso é EDOM, isto é AMALEQUE, isto é BALAÃO.

Este sistema de tirar de Israel, de condenar Israel, de marginalizar Israel, de rejeitar Israel, tudo isso chamamos EDOM!!

Infelizmente o sistema religioso cristão tem muito de Edom. A própria definição de HEREGE, heresia, na formação do cristianismo incluiu os judeus. Os judeus tomaram como adjetivo o significado daquilo que é herege.

As festas eram hereges, o shabat era herege, os jejuns eram hereges, a leitura da Torah em porções era Herege, circuncidar os filhos era herege Herege para quem? Para a Igreja. Quando criaram a religião cristã excluíram os judeus. Yeshua não veio criar nenhuma religião, Yeshua veio para instituir o reino de D’us.

Yeshua veio para fazer com que o Reino de D’us nasça dentro de você e se expanda para fora de você.

A fé nasceu em Israel, foi levada para a Europa e lá virou uma religião, foi levada para a America e lá virou um comercio.

Mas o Egito tem fome, mas EDOM tem fome? TEM.

É plano de D’us, Ele quer restaurar EDOM. Não o sistema, mas as pessoas.

Sabe porque? Tem gente sincera. Tem gente com fome do maná. E estas pessoas sabem que os seus lideres não conseguem mais alimenta-las. Estas pessoas que buscam a raiz da fé tem fome.

Tenho visto isto, pessoas buscando uma reconexão com Israel, buscando interpretar a bíblia no contexto original. Buscando a fé sem estes 2000 anos de dogmas. EDOM TEM FOME!

Esta fome não é modismo, é algo orquestrado pelo próprio D’us. Nos quatro cantos do mundo, cristãos verdadeiros querem voltar às origens da fé.

Gênesis41:55
E tendo toda a terra do Egito fome, clamou o povo a Faraó porpão; e Faraó disse a todos os egípcios: Ide a José; o que ele vos disser, fazei.

Veja este Midrash de Rashi: José ordena ao povo Egipcio para ser “circuncidado” antes de receber o pão, ou a benção de D’us.

Dá mesma forma lemos que José ordena aos egípcios para serem purificados com a intenção de quebrar o seu KLIPÀ.

Assim os egípcios ajudariam os irmãos de José preparando-o para que ele pudesse ser visto apesar de sua externalidade Egípcia. (CHITSONIUT)

Da mesma forma o oposto é a PNIMIÚT, ou seja, a internalidade.

Isto é lei oral. É um conteúdo que nem sempre foi colocado no papel. Foi muito usada por vários personagens da bíblia,ela é muito rica e parte dela profética.

Este circuncidar tem o sentido de purificar. Porque José não deu o pão logo que pediram?

Ele não podia dar o pão antes. O povo tem que se preparar para receber o pão. Tem o momento certo.

Jose vestido de Zafnate-Paneã era como se estivesse numa concha, Klippá. Na primeira vinda dos irmãos eles não o reconheceram, pois ele estava dentro da concha,dentro da Klippá.(ele fala, ele veste,ele governa tudo como egípcio)

A Klippá é um obstáculo que o impede de ser reconhecido como José.

Vamos rever : A externalidade CHITSONIUT –Klippá e o oposto é a PNIMIÚT ou seja a internalidade. O importante é a internalidade, mas muitas vezes a externalidade conforma a internalidade. Temos que preocupar com o ext. e o int.

Yeshua está hoje preso em um Klippá, ele quer se reconciliar com seus irmãos, mas as contaminações impostas sobre ele representam um obstáculo para que ele seja reconhecido.

Assim como José, Yeshua ordena que seus seguidores entre as nações se purifiquem para que seus irmãos (Israel) possam superar seu Klippá e se reconciliar com Yeshua.

Que circuncidem o seu coração, a sua mente, para que se reaproximem de Israel, porque se isto não acontecer, O Messiach jamais será reconhecido pelos seus irmãos Israel.

Yeshua está hoje preso hoje em um Klippá este Klippá se chama JESUS, é a mesma pessoa, não existe isto de que eu creio no Yeshua judeu, e não creio no Jesus romano. É A MESMA PESSOA. Não existia Zafnate-Paneã e José.

Eram o mesmo só que estava com klippá.

Ele quer se revelar a Israel, mas as contaminações impostas a Ele, doutrinas estranhas, festas estranhas, idolatria, usadas no nome dele, fez ele com uma concha que não é ele.

E o que vamos fazer?

Vamos amaldiçoar todos os cristãos? Claro que não. Tudo faz parte do plano de D’us, de revelar o seu filho a Israel. Não fica com raiva de Roma, foi necessário, José falou para eles foi necessário, A redenção só virá a Israel através da quebra deste Klippá.

Os judeus olham para este Jesus que os romanos criaram e veem um homem loiro de olhos azuis, mais um nórdico do que um judeu vê um homem que fala latim, não fala hebraico, vê um homem vestido de veste romanas,

vê um camarada que instituiu a idolatria, que ordenou a construção de imagens, que mandou matar os judeus em nome de D’us e que adora ídolos, o que é abominação a D’us.

O judeu não consegue ver o Jesus de hoje como o seu Rei, o seu Messias.

É um outro deus.E eu incluo também parte da Igreja protestante,pois muitas coisas que se veem em algumas igrejas protestantes servem de obstáculo para os judeus enxergarem o seu Rei.

Este comentário de Rashi aponta para a futura redenção de Edom! Eles devem ser circuncidados, ou seja, devem se despojar daquilo que os impede de serem UM com Israel. As nações tem um papel fundamental em preparar o mundo para que Israel conheça seu Mashiach.

Efésios 2:11-13
Portanto, lembrai-vos deque vós noutro tempo éreis gentios na carne, e chamados incircuncisão pelos quena carne se chamam circuncisão feita pela mão dos homens;
Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separadosda comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, nãotendo esperança, e sem Deus no mundo.
Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antesestáveis longe, já pelo sangue de Cristo
chegastes perto.

Veja o que Paulo falaaqui o que significa converter.

Com esta Klippá que colocaram em Yeshua eles descaracterizaram totalmente um judeu chamado Ben Yossef e Ben David. E o sistema formado em volta dele está tão descaracterizado quanto ele.

É a mesma pessoa mas não pode ser visto. Pois a externalidade esta muito contaminada, com muita festa pagã, muita doutrina errada, muita idolatria, há muita contaminação.

Contaminação na bíblia não tem a ver com pecado, tem a ver com proximidade de D’us. Existem mandamentos que a intenção é purificar, quando você não cumpre não é pecado, mas você entra num estagio de impureza.

Tem mandamento em Genesis antes da lei, tem mandamento na Lei, tem mandamento no NT como não comer sangue At15: 21. Não tem que interpretar nada. SIMPLESMENTE NÃO COMA SANGUE.

Por quê? Porque contamina, espiritualmente te CONTAMINA. A cristandade hoje esta contaminada e assim como José diz purifiquem se para receber o pão Yeshua esta dizendo purifiquem-se para me receberem.

Purifiquem-se desde 2000 anos de distancia de Israel. Yeshua quebrou o muro das separações, mas vocês construíram outro muro mais alto do que era o anterior.

Mais alto do que os fariseus tinham construído. O de vcs tem cerca elétrica.Qual a função da Igreja segundo Paulo?

Provocar o ciúme aos judeus. D’us permitiu que você fosse enxertado na videira original para provocar ciúmes. (Rm 11:12-14)

A verdade é que a cristandade tem produzido todo o tipo de sentimento no judeu, menos o ciúme. E Yeshua esta dizendo quebre esta concha.

Circuncidar quer dizer tirar aquilo que não presta tirar aquilo que te prejudica. Tire o prepúcio da sua mente e do seu coração. Tire aquilo que te impede de receber o pão de D’us e de reconhecer Yeshua como gloria de Israel. Lucas 2:28-32:

Muitos rabinos do Midrash (fabulas)  eram discípulos de Yeshua, olhe o que diz o Rab Yechoshua, no texto de Sanhedrin 39ª: Vi a Elias e perguntei a ele quando virá o Messias? Elias respondeu, pergunte ao Messias.

O Messias esta as portas de Roma sentado entre os pobres, doentes e miseráveis, mas está pronto para o chamado.

O Rab Yechoshua vai a Roma, e encontra-se com o Messias a porta de Roma e o comprimenta: Shalom Malecham (Paz seja convosco). O Messias responde Shalom Malechem Ben Levi. E o Rab perguntou: Quando você virá? E o Messias respondeu hoje. O Rab volta a Elias e diz: o Messias não disse a verdade, pois ele tinha prometido vir hoje e não veio. Ai Elias explicou: Isto é o que ele te disse:

Salmos 95:7, 8:
hoje se ouvirdes a minha  voz, Não endureçais os vossos corações… 
Ele condiciona o seu retorno com o preparo do povo. Ele esta lá pronto só esperando o chamado. Cabe a mim ea você trazê-lo de lá.

Salmos 89:50, 51
Lembra-te, Senhor, do opróbrio dos teus servos; como eu tragono meu peito o opróbrio de todos os povos poderosos,
Com o qual, Senhor, os teus inimigos têmdifamado, com o qual têm difamado as pisadas do teu ungido. (Messias)

CHERPÁ=PROVOCAÇÃO/ESCARNIO/VERGONHA   נא  זְכֹר אֲדֹנָי, חֶרְפַּת עֲבָדֶיךָ;    שְׂאֵתִי בְחֵיקִי, כָּל-רַבִּים עַמִּים. 51 Remember, Lord, the taunt of Thy servants; how I do bear in my bosom [the taunt of] so many peoples;

A Igreja precisa ser circuncidada, é preciso tirar este opróbrio, este escárnio que impede não só a Igreja de ver o seu D’us como também Israel de ver o seu Messias.

Isto é profético, isto fala do fim, a igreja será circuncidada quer você acredite ou não, a igreja vai se aproximar de Israel quer você goste ou não e isto vai criar o ambiente propicio para que o próprio Yeshua tire a sua Klipá e comece a se revelar para os judeus. Não como o Jesus romano mas como o Rei dos Reis,como o Rei de Israel, o Mashiach.

Yeshua aguarda a purificação de seus servos ao redor do mundo para que possa se revelar aos seus irmãos. Ele não quer restaurar o cristianismo nem as denominações. Ele quer restaurar e purificar as pessoas.

Resumir de Gn 42:1 a Gn 43:14
Os irmãos de José representam Israel mas Benjamim o irmãomais novo quem ele representa? Quem são os irmãos mais novos de Israel? Osjudeus messiânicos. Jose usa Benjamin para se revelar aos irmãos. E Yeshuausará os judeus messiânicos, circuncisos de coração, para se revelar aos judeusortodoxos.

Gênesis 43:3
Não vereis a minha face, se o vosso irmão não vierconvosco.

Resumir de Gn 43:15 a Gn 44:17

Gênesis 43:23
E eledisse: Paz seja convosco, não temais; o vosso Deus, e o Deus de vosso pai,vos tem dado um tesouro nosvossos sacos; o vosso dinheiro me chegou a mim. E trouxe-lhes fora a Simeão.

Gênesis 43:34 
E apresentou-lhes as porções que estavam diantedele; porém a porção de Benjamim era cinco vezes maior do que as porçõesdeles todos. E eles beberam, e se regalaram com ele.

Tudo que já recebemos até agora não se pode comparar com o que Deus vai liberar para essa geração dos últimos dias. Muitas portas que não conhecemos ainda serão abertas.

Existem dons, poderes, unção, uma nova realidade a ser revelada por D’us. Muitas interpretações do evangelho, que estão distorcidas em nossas mentes, serão transformadas em verdade e prática. 

Nós somos a ponte entre os cristãos e os ortodoxos.

1) Sua mãe morreu em seu nascimento (Gn 35.18)

Raquel era mãe deBenjamim, mas representa uma fase da igreja que precisa morrer para queBenjamim venha a termo. Mesmo depois de Jacó mostrar para ela e sua irmã Liaque Deus estava com ele, mesmo tendo Labão enganado a ele várias vezes, Raquelrouba os ídolos de seu pai (Gn 31.1-21; 30.35).

Quando Raquel morreu, não foi enterrada no túmulo dos patriarcas (35.19-20; 49.31). Ela representa uma vida de religiosidade, de idolatria, de não dar valor ao que Deus estava fazendo de verdadeiro e milagroso; ela não prestava atenção nessas coisas, mas preferia os ídolos antigos de seu passado, com seu ritualismo morto, sem vida.

2) O nome de Benjamim não foi dado pela mãe, mas pelo pai

Nessa geração, o próprio Pai estabelecerá seus ministros. Hoje convivemos com pastores, evangelistas, profetas,bispos e até apóstolos. Mas mesmo esses ministérios virão em um nível muito maior de unção e autoridade. Raquel queria chamá-lo Benoni (filho da minha dor), mas seu pai, não aceitando esse nome, chamou-lhe Benjamim (filho de minha destra), caracterizando e identificando-o com a autoridade e poder do próprio Deus.

Hoje as denominações têm levantado seus próprios apóstolos, mas com funções muito parecidas com as dos arcebispos e cardeais, com atuação restrita apenas à sua tribo particular. Agora imaginem quando o próprio D’us separar pessoas, ele mesmo, para o ministério, com autoridade muito além dos rótulos ou templos construídos por mãos humanas?

Estaremos convivendo com uma nova linhagem de ministérios caracterizada por atuar com grande autoridade e poder sobre o reino das trevas, para operar sinais e maravilhas, o que será percebido em todas as áreas de atuação das congregações..

3) Benjamim é lobo que despedaça; pela manhã, devorará a presa (Gn 49.27)

Essa geração, com um elevado nível de autoridade dada por Deus, terá vitória sobre o reino das trevas.

Os inimigos do povo de Deus estarão debaixo de seus pés. Aquelas castas de demônios serão destronadas.

Benjamim representa o exército de Deus que está sendo gerado com dores de parto, o filho varão. Desde o seu nascimento, o diabo tenta destruí-lo, como vem fazendo com as sementes de Deus, mas os planos do inimigo serão frustrados.

O exército de Deus trará a vitória final, removerá o diabo e seus anjos dos lugares celestiais, e a igreja entrará em uma nova realidade espiritual que ainda não conhece.

4) Jacó entrega seu filho (Gn 42.15-20,29-38; 43.1-13)

A disposição de Jacó em entregar Benjamim para o desconhecido foi fundamental. Ele já tinha perdido um filho e poderia perder outro, o mais amado.

Jacó arriscou a vida de seu filho em função de algumas sacas de trigo, mas acabou recebendo muito mais do que esperava. Teve seus dois filhos de volta e ainda mudou a historia de toda a sua família.

Deus não está nos propondo uma troca. Talvez, ao se entregar ao Senhor, você pense em receber algum alimento para saciar sua fome imediata mas Deus pode surpreendê-lo com algo infinitamente maior do que tudo aquilo que pedimos ou pensamos – (Ef 3.20), mas a entrega vem primeiro.

Depois é aguardar o tempo de Deus até que ele termine sua obra. A base de toda caminhada com Deus está nessa rendição a ele. Na entrada do tabernáculo e do templo estava o altar do holocausto (que quer dizer queima total).

Foi assim com Abraão, que teve que abrir mão de seu filho para Deus. Foi assim com Yeshua, que entregou sua vida para morrer na cruz. E será assim também com cada um de nós. Quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á. Se a semente de trigo, ao cair na terra, não morrer, não pode dar fruto.

Podemos pensar também em José como figura de Jesus, o irmão mais velho de Benjamim, que deu sentido à vida de seu irmão. Como Jesus, José foi arrancado à força de sua família, passou por sofrimentos, esteve entre dois condenados, sendo que um foi salvo e o outro morreu, e experimentou a redenção quando tudo parecia derrota.

E Benjamim, quando entregue por seu pai ao desconhecido, a um futuro completamente imprevisível, encontrou justamente em José o que menos esperava.

5) Benjamim e o Vale dos Ossos Secos

Se você quer saber o que Deus está falando hoje na Terra, não vai ser sobre comprar carrões, reivindicar sua bênção, ter muito dinheiro no banco, e coisas do gênero. Existe um chamado para o altar, para o holocausto, para a queima total, para tomarmos diariamente a nossa cruz.

Há um som de Shofar ecoando na Terra, chamando-nos ao quebrantamento, ao vale dos ossos secos, para depois de bem secos, estarmos em condições de fazermos parte desse exército.

Nossa chance é agora. Através de nossa entrega, temos uma oportunidade de redenção, de sermos incluídos nos propósitos de Deus. Mas você pode achar tudo isso uma bobagem e continuar curtindo sua vidinha. Mas tome cuidado com o Lobo Benjamim, que despedaçará a presa. Faça parte desse exército – não queira cair nas suas garras. Acorde!