Sombras do que havia de vir

Beit HaDerekh

Sombras do que havia de vir

Compartilhe -
Reproduzir

Uma das “pérolas” do cristianismo podemos encontrar na leitura tradicional do livro de colossenses.

Entre os colossenses haviam novos convertidos. Esses novos convertidos estavam sendo criticados, constrangidos por guardar as tradições  e mandamentos judaicos, como as diversas festas judaicas celebradas durante o ano.

Naquela época o cristianismo ainda não existia, portanto os ensinos de Paulo eram àqueles Colossenses novos convertidos em Yeshua e não aos atuais evangélicos. Quando  não se considera o contexto de quando e para quem foram dirigidas as cartas de Paulo acaba-se gerando equívocos que se passam por verdade.

Após o capítulo 1, que mostra a essência de quem é jesus, chegamos no capítulo 2, onde Paulo no versículo 8 faz um alerta: Cuidado, que ninguém vos venha enredar com sua filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos dos homens e não segundo Cristo.

Vejamos: 

Texto biblico:
“Mediante a fé no poder de Deus que ressuscitou dentre os mortos, e a vós outros, que estavam mortos por vossas transgressões da carne”.

Neste texto Paulo se refere a dois grupos, o primeiro são os Tessalonicenses, e o segundo o “a vós outros”.

“a vós outros” se refere a quem? 

Texto Biblico:
Ele nos deu vida juntamente com ele perdoando nossos delitos, tendo cancelado o escrito de dívida que era contra nós, que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removendo-o inteiramente  e cravando na cruz.

Paulo está dizendo que Deus cancelou as penas prescritas contra nós.
Deus decidiu, mediante nosso arrependimento e mudança no estilo de vida, anulou a sentença que era contra nós, porém ele não anulou a lei.  Ora, você pode ser considerado culpado e pode ser perdoado, o fato de você ser perdoado não quer dizer que a lei deixou de existir.

A lei continua existindo. Depois de ser perdoado o que muda é sua forma de andar, em novo estilo de vida. Se antes vivia sem regras e sem lei, agora como nova criatura passa caminhar em um caminho reto, porque aquele que tem os meus mandamentos e os guarda este é o que me ama. Então teremos os mandamentos do Senhor, que são os mesmos, pois nunca mudaram. A lei do Senhor é perfeita e restaura a alma. O que foi rasgado foi a sentença, mediante o arrependimento, com base naquilo que Jesus fez na Cruz pagando por nós os nossos pecados.

Chegamos então a parte mais interessante.
O texto diz: “ O cerimonialismo é sombra das coisas futuras”.
Ninguém pois vos julgue por causa de comida, bebida ou dia de festas, por lua nova ou sábados, pois tudo isso tem sido sombra das coisas que haviam de vir.

Normalmente lemos isso pensando: Não temos que guardar mandamentos sobre comidas, bebidas, dias de festas, lua nova, ou sábados. Com o surgimento do Cristianismo o entendimento foi alterado e passou a ser entendido da seguinte forma:   “que ninguém vos julgue se você não guarda o sábado, come qualquer coisa e não observa as celebrações”. 

Contudo, o que Paulo diz é: Não se importem com as críticas por vocês estarem aprendendo e seguindo as leis do Senhor. Não se deixem intimidar por comemorarem as festas e observarem os dias do Senhor, não fiquem constrangidos. Tudo isso tem sido sombra, metáforas, segredos guardados das coisas que haviam de vir. Segredos que estão guardados nos cumprientos das festas.

“Porém o corpo é de Cristo”.
No grego a palavra porém pode ser traduzida como “e”.

Porque tudo isso tem sido sombra do que havia de vir: O corpo do Messias. 

Versiculo 20,
“se morremos com cristo para os rudimentos do mundo, porque como se vivemos no mundo vos sujeitais a ordenança; não manuseies isto, não proves aquilo   não toque naquilo outro, segundo os preceitos e doutrinas dos homens”.  

Translate »