InglêsPortuguês  | Hebraico

Provável festa judaica que representa o nascimento do Messias

Beit HaDerekh

Provável festa judaica que representa o nascimento do Messias

Compartilhe -

Sabemos que as festas de Deus instituídas em Levíticos 23, fazem referência ao Messias. Se a festa da páscoa representa a morte e ressurreição de Jesus, qual seria a festa que representaria o seu nascimento? Ou a sua segunda vinda?

Então vejamos:

Em Lucas 1: 26, diz que no sexto mês de gravidez de Isabel, mãe de João Batista, o Anjo Gabriel visitou Maria. Esta foi provavelmente a data da concepção de Jesus, portanto João Batista era seis meses mais velho que Cristo. Entretanto não sabemos em que mês do ano judaico aconteceu esta visita.

Lc1:5-25 o texto nos diz que Zacarias pai de João Batista sacerdote do turno de Abias entrou no santuário e teve um encontro com o Anjo que lhe anunciou o nascimento de um filho cujo nome seria João. Foi nesta data que se deu a sua concepção.

LC 1:24 nos diz que logo depois disso Isabel sua mulher concebeu. Também não sabemos que mês do ano judaico esse evento aconteceu. Em 1 CR 24, diz que o turno de Abias era o oitavo na sequência dentre o turno dos sacerdotes que ministravam no santuário. Entretanto esta sequência de turnos se perderam ao longo da história.

Com os achados dos pergaminhos do Mar Morto essa informação das sequências de turnos dos sacerdotes foi recuperada, segundo Rabino Jonathan Cahn. Ele afirma que o turno do sacerdote Zacarias aconteceu no mês de Nissan do calendário judaico, Esta informação também pode ser confirmada pelo Talmud retrocedendo os turnos de sacerdotes da época da destruição do tempo até os dias de Zacarias.

Ora, Nissan é o primeiro mês do calendário judaico e as festas celebradas neste mês são a Páscoa e pães asmos portanto Zacarias provavelmente celebrava a Páscoa.

Se João Batista foi concebido no primeiro mês do calendário judaico podemos concluir que ele nasceu no 9° mês do calendário e seis meses depois nasceria nosso salvador o Messias, Jesus.

Ora 9 + 6 = 15 – 12=3.

Portanto Jesus nasceu no terceiro mês do calendário judaico.

Outra maneira de cálculo seria que se a visita do anjo Gabriel a Maria aconteceu no sexto mês de gravidez de Isabel, portanto no sexto mês do calendário judaico, somando mais nove meses de Concepção encontraremos o terceiro mês do calendário judaico para o seu nascimento. Ora as festas que aconteciam neste mês seriam shavuot , (ou festa das semanas, ou Primícias), e um dia depois a festa de Pentecostes.

Portanto Jesus nasceu em Pentecostes.

Agora vamos entender o significado desta provável revelação: Se perguntamos aos rabinos ortodoxos porque eles celebram a festa de shavuot ou semanas e Pentecostes eles dirão: Por que foi no Monte Sinai no terceiro mês, (Ex 19-1) que o Senhor nos deu a Torá. Ora o evangelho de João 1:1-5 diz que Jesus era o verbo e o verbo se fez carne, e o verbo era Deus. Portanto Jesus representa e simboliza a palavra de Deus que é a Torá.

Inclusive as tábuas da lei dadas por Deus a Moisés por duas vezes simbolizam as duas vindas do Messias.

Então tal como em shavuot/Pentecostes a Torá foi dada ao povo judeu,também nesta mesma festa (3° mês) Jesus nasceu e foi revelado a toda humanidade.

Agora trazendo esta Revelação para nosso calendário dos dias de hoje e considerando que a Páscoa ocorre geralmente em abril, provavelmente Jesus nasceu em junho. Isso faz sentido pois em LC 28 nos diz que os pastores guardavam os seus rebanhos durante as vigílias da noite (porque geralmente as ovelhas parem a noite) e isso só poderia ocorrer no verão ou próximo dele. Em Israel o verão começa em 20 de Junho.

Então se as festas do primeiro mês representam a morte e a ressurreição de Jesus ,e o nascimento em Pentecostes (3° mês do calendário) por exclusão as festas do 7° mês ( trombetas, Yon KIpur (expiação) e tabernáculos, representam sua segunda vinda.

Em nossa humilde opinião Trombetas anunciam a vinda (primeiro dia do 7° mês) e então Jesus vem em Yom kippur pois ele é o sumo sacerdote, e somente este entrava no santo dos santos (10° dia do sétimo mês). Ele vem para arrebatar o seus Santos e para celebrarmos juntos a festa dos tabernáculos (sucot) para tabernacular conosco por mil anos estabelecendo assim o seu reino.

Maranata, vem senhor Jesus.