11ª Parashá Vayigásh, (Ele se aproximou).

Beit HaDerekh

11ª Parashá Vayigásh, (Ele se aproximou).
Gn 44: 18 a 47:27
Haftará: Ez 37: 15-28
Brit Chadasha: Lc 6: 9-16

Estamos caminhando hoje para o fechamento do livro de Gênesis e o desfecho da história de José. José ocupa a maior parte do livro de Gênesis e sua história tem um cunho profético muito forte.

A vida de José contem profecias escatológicas que Israel estuda até hoje.  D’us sabia que a vida daquele homem seria de suma importância para aqueles dias, para os nossos dias e para a vida de todo o povo de Israel.

A nossa Parashá se inicia no capítulo 18 de Gn 44, mas é importante lembrar o contexto.

A taça de prata de Yossef, de Zafnate Panea, foi colocada na sacola de Benjamim, eles são revistados e considerados culpados, e os irmãos de José que já estavam a caminho de Canaã, são obrigados a retornar ao Egito e serem confrontados por José.

José faz toda esta trama, eu penso que para sondar o estado do pai, pois ele não sabia sequer se o seu pai tinha concordado com o seu sumiço. Ele não sabia que os irmãos tinha contado ao seu pai que ele fora devorado por animais selvagens.

No verso 15, José pergunta:

Gênesis 44:15

E disse-lhes José: Que é isto que fizestes? Não sabeis vós que um homem como eu pode, muito bem, adivinhar?

Gênesis 44:16-17

Então disse Judá: Que diremos a meu senhor? Que falaremos? E como nos justificaremos? Achou Deus a iniquidade de teus servos; eis que somos escravos de meu senhor, tanto nós como aquele em cuja mão foi achado o copo.
Mas ele disse: Longe de mim que eu tal faça; o homem em cuja mão o copo foi achado, esse será meu servo; porém vós subi em paz para vosso pai.

Aqui começa o grande testemunho, o grande arrependimento. Aqui Judá abre o coração para José. Aqui começa Vayigash  SE APROXIMOU

Pediu para falar ao pé do ouvido:

Gênesis 44:18: Então Judá se chegou a ele, e disse: Ai! Senhor meu, deixa, peço-te, o teu servo dizer uma palavra aos ouvidos de meu senhor, e não se acenda a tua ira contra o teu servo; porque tu és como Faraó.

Judá conta toda a historia dos irmãos, do pai que já estava bem velho, que era também o único filho da sua esposa já falecida, Raquel e que o outro irmão havia morrido, e que o pai havia se entristecido muito e conta toda a historia que com certeza você já conhece.

O que podemos aprender com os detalhes dessa Parashá?

Esta é uma das porções com o maior numero de segredos.

Vayigash- Ygash- Ygosh significa encontrar, ser trazido para perto.

Judá aproxima-se de Jose, e esta aproximação, da inicio a revelação de José aos seus irmãos.

Logo depois do discurso de Judá, José não se conteve e se revela aos irmãos. Ele fica comovido com os argumentos de Judá. Não é a toa que Judá se levanta para falar com José. Judá, o nome correto dele é Yerrudá, de Yerrudá provem o nome JUDEU, judeu é aquele que vem de Judá.

Hoje quando você fala Judeu, refere-se a todos os judeus independentes da tribo, pois Judá acabou sendo a tribo que mais foi preservada e a que mais cresceu em Israel e acabou sendo um representante de todo o Israel.

Quando Judá pede para se aproximar de José, da inicio em José a sua grande revelação. José é uma figura do Messias. Para aqueles que acreditam que Yeshua é o Messias esta Parashá é fantástica, pois, nos traz muitas revelações.

Benjamim é o veículo para a revelação de José.

Gênesis 45:4 E disse José a seus irmãos: Peço-vos, chegai-vos a mim. E chegaram-se; então disse ele: Eu sou José vosso irmão, a quem vendestes para o Egito.

Ani אני Yôsef יוסף – Eu sou Yôsef!!!

Quando vejo meus irmãos judeus indo para o espiritismo, vejo que estão completamente afastados da Torah, tirando os ortodoxos, não sabem mais o que é Torah. Mas não é a Igreja que vai restaurar os judeus desviados, é o Mashiach.

Judá aproxima-se de José e esta aproximação da inicio a revelação de José aos seus irmãos. Por 2000 anos Jesus tem sido um estrangeiro para o seu próprio povo. Jesus para Israel é um estrangeiro, Jesus para Israel é um estranho. Com outras doutrinas, com outra fé,com outros princípios.

Até hoje Jesus é tido como o D’us dos cristãos pelos judeus. Por quê?

Porque depois que Jesus ressuscita é elevado aos céus. Os apóstolos continuam o seu trabalho de pregar o Reino de D’us.

Com o passar dos anos, décadas, os apóstolos vão morrendo,houve no século II, uma grande revolta judaica, houve a destruição de Jerusalem no ano 70, e uma grande revolta judaica no ano 130, e com isso houve uma grande dispersão dos judeus, por todo o Império Romano.

Isto enfraqueceu as unidades que os apóstolos haviam plantado as comunidades de judeus e não judeus congregavam juntos, mas como os judeus haviam se espalhado, estas comunidades passaram a ter um numero muito maior de não judeus.

Já havia nesta época uma perseguição muito grande aos judeus, independente se fossem discípulos de Yeshua ou não. O sistema que fora criado nos primeiros séculos da era comum, o sistema religioso, político e econômico, que foi criado em Roma já perseguiam os judeus.

Este sistema fez de tudo, e tem feito de tudo, para fazer com Yeshua o mesmo que o Egito fez com José. A mesma intenção de descaracteriza-lo que aconteceu lá no Egito com José,o sistema religioso de Roma tem feito com Yeshua com relação aos seus irmãos judeus.

Assim como José virou Zafnate Paneã, Yeshua foi transliterado para Jesus. Jesus é uma transliteração para o latim. O nome em hebraico é Yeshua ou Yesho como era conhecido na Galileia.

Foi transliterado para o Grego e virou Yessu ou Yessua, pois não há o som de xu no grego. Todo nome grego ganha um S no final como Paulos, Petros.

Então Yessu, virou Yessus no grego, no latim e em algumas línguas latinas o I é o J, ai virou Jesus, lembrando que não existe o som Je no hebraico.

Não houve a menor preocupação em manter o nome em hebraico, pois o nome era hebraico demais, e a melhor maneira de separar Yeshua das suas raízes hebraicas, era manter o nome transliterado.

Houve uma desconexão, e o nome foi a menor das desconexões, antes mudassem somente o nome. Mudaram o ensino e mudaram a identidade de Yeshua.

Tiro a base por mim. Eu não via conexão alguma deste homem com meu povo. Loiro de olhos azuis, barba loira, estava mais para um nórdico do que um judeu. Não havia conexão, eu jamais creria naquele homem que me apresentaram como o Messias do meu povo.

Mas as coisas estão mudando. Nunca as pessoas, em especial os protestantes, buscaram tanto se aproximarem de Israel. Será que este Jesus é o Jesus que os romanos mostraram para este povo?

Será que realmente ele não é judeu? E através desta curiosidade tem surgido um desejo de aproximação. E através desta aproximação muitos tem o desejo de descobrir o verdadeiro Jesus. Analisando documentos eles têm visto um personagem completamente diferente daquilo que foi mostrado pelo cristianismo.

Eles vêm um judeu fiel a Torah, fiel ao seu povo, que amava o seu povo, que guardava as suas tradições, ele via um judeu que pregava a mesma coisa que os SÉRIOS RELIGIOSOS JUDEUS, da época pregavam.

Começam a descobrir um Jesus que não se parece muito com o Jesus do Cristianismo. E o mais curioso é que são a mesma pessoa. O grande professor David Flusser, já falecido, escreveu o livro Raizes Judaicas do Cristianismo. Neste livro ele cava fundo e mostra realmente quem foi Jesus.

Daniel Boyarim, judeu ultra-ortodoxo,escreveu o livro Border Lines (Linhas de Fronteira) este judeu redescobre Yeshua e os apóstolos como judeus. Nenhum destes que citei são messiânicos, simplesmente aceitaram o desafio de provar quem é Yeshua para o seu próprio povo.

Um tempo deste nunca aconteceu em toda a historia. Por isso quando eu vejo a historia de José,eu começo a ver Judá se aproximando de Zafnate Panea, eu começo a ver os judeus se aproximando de Jesus,e o desfecho da historia você já conhece. O que esta aproximação gera? O que ela dá inicio?

A grande revelação de José a seus irmãos. E o que eu espero que esta aproximação dos evangélicos dará inicio?  Dará inicio a grande revelação de Yeshua ao seu povo.

Mas tem uma forçação de barra ai. Se Judá representa Israel e são os protestantes que estão se aproximando de Israel uma coisa não tem nada a ver coma outra.

Romanos 11:11-14

Novamente pergunto: Acaso tropeçaram para que ficassem caídos? De maneira nenhuma! Ao contrário, por causa da transgressão deles, veio salvação para os gentios, para provocar ciúme em Israel.
Mas se a transgressão deles significa riqueza para o mundo, e o seu fracasso, riqueza para os gentios, quanto mais significará a sua plenitude!
Estou falando a vocês, gentios. Visto que sou apóstolo para os gentios, exalto o meu ministério,
na esperança de que de alguma forma possa provocar ciúme em meu próprio povo e salvar alguns deles.

Esta aproximação dos protestantes fará com que conheçam o verdadeiro Messias, o Messias judeu, Yeshua e isto provocará ciúmes no povo judeu, e através deste ciúme muitos judeus crerão também no verdadeiro Messias, Yeshua.

No verso 33, Judá se oferece para ficar no lugar do irmão:

Gênesis 44:33

“Por isso agora te peço, por favor, deixa o teu servo ficar como escravo do meu senhor no lugar do jovem e permite que ele volte com os seus irmãos”.

Quem representa Benjamim na nossa historia? O irmão mais novo. Os judeus discípulos de Yeshua. Qual foi a atitude de Judá? Se oferecer no lugar de Benjamim para protegê-lo.

Muitos judeus tem buscado proteger os judeus discípulos de Yeshua, pois os consideram injustiçados. Eles ainda não conhecem Yeshua, como Judá ainda não conhecia José, mas mesmo assim tentou protegê.

Aqui mesmo em Belo Horizonte, um judeu mesmo, digno, não consegue odiar um outro judeu, só porque ele é discípulo de um outro judeu chamado Yeshua. Não estou falando da liderança.

As pessoas estão vendo a rejeição da liderança com os judeus discípulos de Yeshua e começam a pensar será que eles são tão mal assim? Eles tem visto que não somos missionários cristãos tentando converter os judeus ao cristianismo.

 O que eles tem visto que somos judeus, guardamos a Torah, amamos o nosso povo, que lutamos para sermos unidos ao nosso povo, que somos contra esta rejeição religiosa por parte da liderança.

As pessoas tem visto isto e tem se aproximado. Você consegue enxergar que tudo esta seguindo um propósito de D’us como na vida de José? Que tudo começa a se encaixa?

A proteção e o desejo de fazer justiça a Benjamim, por parte de Judá, foi o fator fundamental, para liberar a grande revelação de José a seus irmãos.

A questão de Yeshua como messias para o povo judeu é algo que não funciona com argumentos, entenda isto.

A historia do cristianismo pesa e é muito pesada para o judeu.

Eu digo que é praticamente impossível você mostrar, provar com argumentos que este Jesus é o Messias de Israel.

É quase impossível, pois eles têm na mente e no coração traumas que existem ate hoje. O povo judeu tem trauma contra Jesus. Traumas contra o cristianismo. Eles foram perseguidos nos primeiros séculos,depois foram perseguidos nas cruzadas,por cristãos.

Há relatos de cruzadas, no caminho que estes europeus tomaram ate Israel, que quando eles chegavam a vilas que existiam sinagogas, eles aprisionavam os judeus, homens, mulheres e crianças.

Colocavam fogo na sinagoga e rodeavam por fora com estandartes, declamando Eis o cordeiro de D’us que tira o pecado do mundo.

E o pecado do mundo era o judeu queimando lá dentro. É esta a imagem que o judeu tem do cristianismo e deste Jesus.

Que coisa terrível, queimavam os judeus pelo simples fato deles serem judeus, e ainda usavam o nome de D’us. Queriam extinguir um povo. Queimavam os judeus em nome de Cristo para que aquela alma pudesse ser salva. Vocês tem noção do trauma que isto criou?

Depois tivemos o holocausto. Lideres católicos daquela época não se manifestaram. Os mais renomados lideres protestantes da época não se manifestaram. Os nazistas criam em Jesus. O livro de Martim Luther, Lutero, era o livro de cabeceira de Hitler.

Os judeus somente reconhecerão Yeshua como seu Messias, via revelação, da mesma maneira que foi comigo. Somente via revelação.

Os lideres judeus discípulos de Yeshua que existem hoje, não se tornaram discípulos de Yeshua por argumentos.

Reconheceram através de uma experiência sobrenatural. Yeshua se revela a eles, assim como Jose se revelou. Yeshua aparece em sonho, Yeshua aparece numa visão, Yeshua é manifesto, Yeshua se revela a seu povo.

Só que ainda é feito de forma pontual.

Quando esta etapa se cumprir será feito de forma coletiva.

JOSÉ TIPIFICA YESHUA

JUDÁ TIPIFICA ISRAEL

BEJAMIM TIPIFICA JUDEUS DISCIPULOS DE YESHUA

EGITO TIPIFICA O SISTEMA RELIGIOSO DE ROMA

Vejamos estes comparativos:

1-Até então, em nenhum momento, José foi reconhecido por seus irmãos Hebreus. Sua cultura,sua língua,sua vestimenta,seus costumes eram estranhos ao povo hebreu.

Até hoje Jesus não é visto pelos judeus como o Messias. Sua aparência, cultura, sua teologia, seu calendário, ainda são estranhos ao povo hebreu.

2-As raízes de José não podiam ser vistas, pois estavam escondidas sob anos de cultura e ideologias estranhas a Israel. Para os hebreus, José não possuía nada que pudesse identifica-lo como Hebreu.

As raízes bíblicas e judaicas de Jesus, não podem ser vistas por Israel, pois estão ocultadas sob séculos de cultura estranha a Torah. Para os judeus, infelizmente, Jesus não tem nada que possa identifica-lo como judeu.

O único fato é que ele nasceu em Belém, que era uma cidade em Israel, mas todo o resto da identidade de Jesus foi transformada. Para o cristianismo, Jesus não tem pátria, ele veio do céu para salvar a humanidade, o mundo, o pecador, ele não tem povo não.

O povo dele são os homens, ele não tem país não, ele é de todos.

Isto é sofisma, parte de um principio aparentemente justo, para destruir uma verdade, para alterar uma verdade. Jesus é judeu, nasceu, viveu, estudou e morreu em Israel.

Pregou somente para os judeus em sua vida com raras exceções.

Ele mesmo disse que não poderia levar isto para fora, pois não era o tempo. Os apóstolos vão levar isto para fora pois eu fui chamado para as ovelhas perdidas da casa de Israel.

3-O Egito se vangloriava em sua cultura, em sua historia, suas conquistas e seu poder. Achavam-se autossuficientes e superiores aos hebreus. Mas o segredo de sua prosperidade encontrava-se na vida e nos ensinamentos de um hebreu.

A grande prosperidade do Egito foi devida a José. Se achavam superiores aos hebreus mas foi um hebreu a base de toda a sua prosperidade.

3-O sistema de Roma se vangloria em sua cultura, em sua historia, suas conquistas e seu poder. Acham-se autossuficientes e superiores aos Judeus,mas mal sabem que as bases da sua fé se encontra com os judeus.

Jesus foi claro ao dizer a mulher samaritana


João 4:22

Vocês, samaritanos, adoram o que não conhecem; nós adoramos o que conhecemos, pois a salvação vem dos judeus.·.

Jesus não disse a salvação vem DO JUDEU. Aqui ele estava Indicando um legado.

Romanos 11:17-22

Se alguns ramos foram cortados, e você, sendo oliveira brava, foi enxertado entre os outros e agora participa da seiva que vem da raiz da oliveira,
não se glorie contra esses ramos. Se o fizer, saiba que não é você quem sustenta a raiz, mas a raiz a você. (A RAIZ AQUI ISRAEL)
Então você dirá: “Os ramos foram cortados, para que eu fosse enxertado”.
Está certo. Eles, porém, foram cortados devido à incredulidade, e você permanece pela fé. Não se orgulhe, mas tema.
Pois se Deus não poupou os ramos naturais, também não poupará você.
Portanto, considere a bondade e a severidade de Deus: severidade para com aqueles que caíram, mas bondade para com você, desde que permaneça na bondade dele. De outra forma, você também será cortado.

Yeshua se revelará ao seu povo, antes da sua vinda, para fazer com que o mundo entenda quem é D’us e como agrada-lo da maneira correta.

Este dia esta muito próximo de chegar, este dia está muito próximo de nós.

4-José apesar de hebreu foi enviado ao Egito para evitar que não apenas sua família perecesse, mas também para evitar que a terra do Egito perecesse nos anos de fome.

Ele foi enviado ao Egito para salvar o mundo.

4-Ainda que desconhecida a sua identidade, os ensinamentos de Yeshua levaram ao mundo conceitos morais e éticos da Torah, evitando que a humanidade perecesse, mas muitas coisas contrarias ao D’us criador ainda eram praticadas na terra de Faraó.

Mesmo sendo este Jesus Romano ele levou o conhecimento da Tora a toda a humanidade. Não na sua plenitude, mas de onde a humanidade conhece os 10 mandamentos? Saia na rua e pergunte quem foi David, quem foi Jose do Egito, quem foi Moises, quem foi Jonas, quem foi Isaias praticamente todos saberão.

Para terminar lembremos-nos de Rm 2:13 Os servos são julgados por sua obediência. Outro dia me perguntaram porque eu não celebro o natal se é um mandamento de D’us.

Eu disse a pessoa que ela estava fazendo uma pequena confusão visto que o que Yeshua mandou fazer é celebrar a sua morte e não o seu nascimento.

Pois Ele não nasceu, foi encarnado. Se eu admito que ele nasceu estou admitindo também que antes Ele não existia.

Ai perguntei você faz o presépio? A pessoa respondeu claro. Perguntei você sabe de onde veio isto? Você sabe por que Francisco de Assis criou o presépio e fez questão de colocar ali o Boi e o Jumento?

Cumpra o que você quiser cumprir, mas tenha pelo menos a curiosidade de checar o que você esta cumprindo. Certifique-se que isto é de D’us,certifique-se que isto agrada a D’us,verifique se isto de alguma forma esta conectado com o que D’us ordenou.

Porque tem o boi e o jumento?

Isaías 1:2, 3

Ouçam, ó céus! Escute, ó terra! Pois o Senhor falou: “Criei filhos e os fiz crescer, mas eles se revoltaram contra mim.
O boi reconhece o seu dono, e o jumento conhece a manjedoura do seu proprietário, mas Israel nada sabe, o meu povo nada compreende”.

Isaias esta fazendo uma admoestação ao povo dizendo que ate o boi conhece o seu dono e o jumento conhece quem lhe da comida, para mostrar a gravidade do distanciamento do povo em relação à D’us.

A intenção de Francisco de Assis foi mostrar que Israel é ignorante em relação aos planos de D’us. Mas você pode dizer eu não sabia disso. Se você cometer um crime e não souber que é um crime você vai preso do mesmo jeito, o crime continua sendo crime quer você o conheça ou não.

Porque falei deste episodio? Porque precisamos restaurar a nossa fé, não é a fé judaica, não é fé israelita não estou interessado nisto. Precisamos restaurar a fé obediente àquilo que D’us mandou.

Vamos restaurar Yeshua como o Messias da casa de Israel. Muitos cristãos adoram o rei de Israel, mas odeiam Israel. Muitos adoram o LEÃO DA TRIBO DE JUDÁ, mas odeia os judeus, louvam ao Senhor dos sábados, mas odeiam o sábado.

Vamos mostrar que a nossa fé é a mesma de Abraão, Isaque e Jacó. Vamos mostrar que a sua fé te fez filho de Abraão. Você tem um patriarca, um pai na fé, seu pai na fé não é Lutero, não é Agostinho, não é Calvino.

Paulo falou claramente você tem um pai na fé e o nome dele é Abraão. E foi Yeshua que te inseriu na linhagem dele. Na sua ascendência você tem reis, profetas e você tem um messias que é chamado o Messias da casa de Israel.

Translate »